ÚLTIMAS RCM

  • Ricky & Sam: uma dupla portuguesa
  • Em nome da lei - Alterações à lei do trabalho
  • Recordar é Viver - Marisa Araújo
  • Sementes de Fé - Fazer as pazes com Deus
  • Humanamente Falando - As crianças e o isolamento social
  • Sinto, logo existo - Luz própria
  • Em nome da lei - Alargamento da garantia
  • Alinhavando a nossa história - A Madeira através da fotografia
  • Hora do Conto - Ó mãe
  • Recordar é Viver - Homenagem a Angela Ornelas
  • Sementes de Fé - Bondade
  • Vanessa Andrade - Cantora e compositora
  • Raíz do Pensamento - Pensar a esperança
  • Vozes do Atlântico - Vânia Fernandes
  • Em nome da lei - Funções da penhora
  • DATE 22/05/2021
Existem lendas que nos prendem à espera de um acontecimento futuro. Que nos deixam sempre na retaguarda quando o tempo muda e o mar se torna mais agitado.
 
Dizem que a Ilha da Madeira não nasceu sozinha. Com ela nasceu também uma ilha que se situava mais a norte: a Ilha de Arguim. Nessa ilha conta que veio habitar D. Sebastião desaparecido na Batalha de Alcácer-Quibir. Veio refugiar-se mas antes passou pelo cabo do Garajau e na rocha mais saliente para o mar espetou a sua espada com força tamanha que ficou ali cravada para sempre.
 
A partir daí passou a viver entre castelos de ouro e marfim na Ilha de Arguim e um leão à porta guardava esse tesouro. Conta que uma caravela que se dirigia para a Ilha da Madeira viu erguer-se a Ilha de Arguim.
 
Lido 525 vezes Última alteração em Sábado, 22 maio 2021 22:00
Tagged under:

Visitantes

12528266
Hoje3575

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…