ÚLTIMAS RCM

  • Em nome da lei - União de facto
  • SOS Consumidor - Poupe água
  • Em nome da lei - Posso deserdar um filho?
  • Proteção de denunciantes de infrações
  • Tradições - Debulha do trigo
  • Vá de férias com a casa segura
  • Grupo Cultura Popular
  • Márcio Amaro nos palcos do mundo
  • Entrevista - Safira
  • Como reagir em caso de assédio
  • Em nome da lei - Assédio no trabalho
  • SOS Consumidor - Marcar férias online
  • Entrevista - The Gift
  • Hora do Conto - Não deixes o pombo ficar acordado
  • Sementes de Fé - A lei de Deus é o amor

Bolo do Caco

  • DATE 03/04/2018

O bolo do caco é um pão típico da Madeira que surgiu devido à influência árabe na sociedade madeirense no século XV. Esta presença está diretamente relacionada com a cultura da cana-de-açúcar e a primeira fase da implantação da vinha, "quando à ilha chegaram os primeiros escravos guanches, marroquinos e africanos, que contribuíram para o arranque económico do arquipélago”, de acordo com o Elucidário Madeirense. 

A confeção é à base de água, sal, batata doce, farinha de trigo e fermento. Depois de amassados todos os ingredientes, fica a levedar durante algum tempo. Posteriormente a massa é dividida em pequenas quantidades, espalmada numa superficie previamente polvilhada e colocada na chapa (a gás, lenha ou elétrica) pré-aquecida. A cozedura fica concluída de 10 a 15 minutos. Primeiro numa face, depois noutra e por fim aos lados até ganhar uma cor castanho-amarelada. Antigamente era feita em cima de um caco de telha ou de uma pedra de basalto colocada sobre as brasas. Daí surgiu o nome "Bolo do Caco". 

Depois de cozido o bolo de caco é barrado com manteiga de alho (manteiga, alho e salsa). O produto madeirense já percorre o País e uma cadeia internacional de fast-food  apresenta o bolo do caco no menu. 

É consumido ainda quente como entrada ou também como acompanhamento, por exemplo da tradicional espetada madeirense. Trata-se de um produto bastante apreciado pelos turistas e pelos forasteiros que passam pelos arraiais madeirenses.

Entretanto, a massa usada para confecionar o bolo do caco tem sido utilizada para o fabrico de outras iguarias: pão com chouriço; queijo e bacon, nutella e mel de abelhas, entre outras.

Lido 4344 vezes Última alteração em quarta-feira, 04 April 2018 23:43
Tagged under:
Mais nesta categoria: « Palmitos Colares de "Maios" »

Artigos relacionados

Visitantes

13568068
Hoje2272

O Cantinho da Madeira nasceu no ano 2006 com o objetivo de promover a Região Autónoma da Madeira, em especial junto da comunidade portuguesa no mundo.

Descarregue as nossas APP´s
para iOS e Android

Top
Aviso! Este site utiliza cookies para melhorar e personalizar a navegação dos utilizadores. More details…